Resort sobre a praia de Santa Bárbara toma forma

Na Ribeira Grande

Está em estado avançado de construção o resort de 14 vilas que a sociedade “North Shore Resorts” está a construir num terreno por cima da praia de Santa Bárbara, na Ribeira Grande, orçado em 1.800 mil euros e que vai abrir no próximo Verão. As obras estão em bom ritmo e dentro dos prazos previstos.

Várias unidades de alojamento estão em fase final de construção e já se procede ao ajardinamento de alguns espaços, com várias frentes de trabalhadores em trabalho acelerado.

Foi em Agosto de 2011 que a sociedade “North Shore Resorts” assinou o contrato de concessão de incentivos do SIDER, bem como o contrato de direitos sobre o terreno próximo da praia de Santa Bárbara para a implementação de um empreendimento turístico.

Pronunciado de forma positiva enquanto candidato à classificação de Projecto de Interesse Regional e reconhecido como (PIR) por parte do Governo dos Açores, em Conselho, o empreendimento surge com os objectivos de “marcar a diferença da restante oferta hoteleira, quer pela sua estrutura, materiais e decoração, quer pelos serviços e actividades que providenciará”.

As infraestruturas em construção são de qualidade para alojar, numa primeira linha, todos os praticantes de modalidades de “outdoor”, como o BTT, o golfe ou o surf, mas estão também abertas para todos os turistas que possam ter gosto em ter uma vista sobre o mar a Norte de São Miguel.

A estrutura hoteleira vai servir, nomeadamente, de suporte a grandes competições desportivas, como é o caso “Azores Island Pro”, etapa do circuito mundial de surf profissional da ASP (World Qualifing Series), evento de seis estrelas e máxima premiação: prize money de 250.000US, do Campeonato Mundial de Bodyboard e do International Surfing Games, e outros eventos a realizar na região.

O empreendimento está inserido num terreno de 33.695 metros quadrados, e será do tipo vilas turísticas numa prespectiva cuidada de integração nos valores paisagísticos que marcam a paisagem envolvente.

Estão em construção sete módulos edificados com duas unidades cada, totalizando 14 unidades de alojamento, sendo sete de tipologia T1 e sete de tipologia T2, permitindo uma capacidade de 70 camas.

As unidades são compostas por uma sala de kitchenette, uma suite com instalação sanitária privada e um espaço exterior coberto destinado a guardar equipamento.

Correio dos Açores, 22 de Janeiro de 2015

View more